Tudo sobre Next Generation Antivírus/EDR

Em um artigo anterior falamos sobre NGFW ou Firewall de nova geração. Hoje queremos te explicar um pouco sobre o Next Generation Antivírus e Endpoint Detection and Response (EDR), uma solução avançada em antivírus.

O que é um antivírus?

Para começarmos a entender como chegamos ao antivírus de próxima geração, primeiro precisamos conhecer o que é um antivírus.

Um antivírus é um programa de software projetado para detectar, prevenir e remover software malicioso, como vírus, worms, trojans, spyware e adware, de dispositivos eletrônicos, como computadores, smartphones e tablets.

O antivírus funciona analisando arquivos em busca de padrões de código malicioso que correspondam a uma base de dados conhecida de ameaças. Ou seja, quando uma ameaça é detectada, o antivírus geralmente oferece opções para remover ou isolar o arquivo infectado, protegendo assim o dispositivo e os dados armazenados nele.

O que é o Next Generation Antivírus/EDR?

Agora que já compreendemos o que é um antivírus, vamos entender qual é e como funciona o Next Generation Antivírus (NGAV) e a Detecção e Resposta de Endpoint (EDR).

São tecnologias avançadas de segurança cibernética projetadas para proteger sistemas e redes contra ameaças sofisticadas e em constante evolução.

O Antivírus de Próxima Geração é uma evolução dos tradicionais antivírus, oferecendo recursos mais avançados, como análise comportamental, inteligência artificial e Machine Learning. Sendo capaz de identificar e bloquear ameaças desconhecidas com base em comportamentos suspeitos, em vez de depender apenas de assinaturas de malware conhecidas. Isso permite uma detecção mais rápida e precisa de ameaças, mesmo aquelas que ainda não foram catalogadas.

Trata-se de uma excelente opção de segurança, mas que pode ficar ainda mais robusta ao associá-la com o EDR, fornecendo recursos de detecção e resposta em tempo real para endpoints.

Ele monitora continuamente a atividade nos dispositivos, registra eventos de segurança e fornece insights detalhados sobre ameaças potenciais. Além disso, permite investigar incidentes, responder a ataques e realizar ações corretivas para mitigar o impacto de uma violação de segurança.

Se unirmos o NGAV e o EDR teremos uma abordagem abrangente e proativa para proteger endpoints contra uma variedade de ameaças, desde malwares comuns até ataques avançados e direcionados.

Como funciona o Next Generation Antivírus?

O Next Generation Antivírus funciona de maneira diferente dos antivírus tradicionais, pois emprega tecnologias avançadas para identificar e neutralizar ameaças cibernéticas de forma mais eficaz. Basicamente ele opera da seguinte forma:

Análise comportamental

Em vez de depender apenas de assinaturas de malware conhecidas, ele utiliza análise comportamental para identificar atividades suspeitas nos sistemas. Monitora o comportamento dos processos e aplicativos em tempo real, em busca de indicadores de comprometimento, como alterações não autorizadas nos arquivos do sistema, comunicações maliciosas na rede ou atividades incomuns do usuário.

Inteligência Artificial e Machine Learning (Aprendizado de Máquina)

Emprega algoritmos de inteligência artificial e técnicas de aprendizado de máquina para reconhecer padrões e tendências nas atividades do sistema. Isso permite ao Next Generation Antivírus detectar e classificar ameaças com base em seu comportamento, mesmo que essas ameaças sejam desconhecidas ou nunca antes vistas.

Prevenção e mitigação de ameaças

Com base na análise comportamental e nas informações obtidas por meio de inteligência artificial, pode-se tomar medidas para prevenir e mitigar ameaças. Isso pode incluir a quarentena de arquivos suspeitos, a interrupção de processos maliciosos, o bloqueio de comunicações de rede maliciosas ou a remediação de sistemas comprometidos.

Atualizações em tempo real

É frequentemente atualizado com novas informações sobre ameaças e técnicas de detecção. Isso garante que o sistema esteja sempre atualizado e pronto para enfrentar as ameaças mais recentes e sofisticadas.

O EDR e o NGAV

O EDR (Detecção e Resposta de Endpoint) e o NGAV (Next Generation Antivírus) são duas tecnologias essenciais no arsenal de segurança cibernética de uma organização, complementando-se para proporcionar uma proteção abrangente contra ameaças avançadas.

A ideia por trás da Detecção e Resposta de Endpoint (EDR) está estreitamente ligada às funcionalidades dos Antivírus de Nova Geração.

O Next Generation Antivírus, como o próprio nome sugere, representa a próxima geração de antivírus. Ele vai além das abordagens tradicionais de detecção de ameaças e adota uma abordagem mais proativa e inteligente, o que o torna capaz de identificar e bloquear ameaças desconhecidas com base em comportamentos suspeitos.

Por outro lado, o Endpoint Detection and Response é voltado para a detecção e resposta de incidentes em endpoints, como computadores e dispositivos móveis. Ele monitora continuamente a atividade nos endpoints, registra eventos de segurança e fornece insights detalhados sobre possíveis ameaças. Além disso, o EDR permite investigar incidentes, responder a ataques e tomar medidas corretivas para mitigar o impacto de uma violação de segurança.

Juntos, oferecem uma defesa robusta contra uma ampla gama de ameaças cibernéticas. Enquanto o Next Generation Antivírus se concentra na prevenção de ameaças, o Endpoint Detection and Response se destaca na detecção e resposta a incidentes. Essa combinação de tecnologias permite às organizações identificar, neutralizar e remediar ameaças de forma eficaz, garantindo a segurança de seus sistemas e dados contra ataques cada vez mais sofisticados.

Diferença entre antivírus tradicional e Next Generation Antivírus

A diferença entre um antivírus tradicional e um Antivírus de Próxima Geração (NGAV) reside principalmente nos métodos de detecção e nas capacidades de resposta às ameaças cibernéticas.

Os antivírus tradicionais costumam se basear em listas de assinaturas de malware conhecidas. Eles procuram por padrões específicos nos arquivos e processos do sistema que correspondam a ameaças já identificadas anteriormente. No entanto, essa abordagem pode ser limitada, pois depende de atualizações regulares das definições de vírus e pode falhar na detecção de ameaças desconhecidas ou variantes de malware.

Por outro lado, os Antivírus de Próxima Geração usam tecnologias mais avançadas, como análise comportamental, inteligência artificial e aprendizado de máquina. Eles são capazes de identificar ameaças com base em comportamentos suspeitos, anomalias e indicadores de comprometimento, em vez de confiar apenas em assinaturas de malware. Isso os torna mais eficazes na detecção de ameaças conhecidas e desconhecidas, incluindo ataques de dia zero e malware evasivo.

Além disso, os NGAVs geralmente oferecem recursos adicionais, como análise forense em tempo real, resposta automatizada a incidentes, monitoramento de endpoints em tempo real e capacidades avançadas de relatórios e análises. Isso permite uma resposta mais rápida e eficaz às ameaças, bem como uma compreensão mais abrangente da postura de segurança da organização.

Vamos pensar da seguinte forma: Imagine que o antivírus tradicional é como um carro comum, equipado apenas com os recursos básicos de segurança, como cintos de segurança e airbags. Ele pode oferecer uma proteção básica em situações comuns, mas não é muito eficaz contra ameaças mais sofisticadas e inesperadas.

Agora, o Next Generation Antivírus é como um carro de última geração, equipado com sistemas avançados de assistência ao motorista, como frenagem automática de emergência, detecção de ponto cego e controle de cruzeiro adaptativo. Esses recursos permitem que o carro detecte e responda rapidamente a qualquer ameaça, seja um pedestre cruzando a rua repentinamente ou um veículo invadindo a pista.

Da mesma forma, o Next Generation Antivírus utiliza tecnologias avançadas, como inteligência artificial e análise comportamental, para identificar e neutralizar ameaças cibernéticas de maneira proativa, mesmo aquelas que ainda não foram catalogadas. Assim como o carro de última geração mantém os passageiros seguros em diversas situações, o Next Generation Antivírus oferece uma proteção abrangente e eficaz contra as mais diversas ameaças cibernéticas.

Empresa especializada em Next Generation Firewall

Os Next Generation Firewalls da Contego Security são projetados para fornecer uma defesa robusta contra uma variedade de ameaças cibernéticas, incluindo malware, ransomware, ataques de negação de serviço (DDoS) e muito mais. Com recursos avançados de filtragem de conteúdo, prevenção de intrusões e análise de tráfego, nossas soluções garantem uma proteção abrangente para sua rede.

Além disso, oferecemos serviços gerenciados e suporte técnico dedicado para ajudar sua empresa a implementar e gerenciar sua solução de firewall de forma eficaz.

Não deixe sua empresa vulnerável a ataques cibernéticos. Proteja seus dados e sistemas com as soluções de Next Generation Firewall da Contego Security!